Benoît Fournier

português

Benoit Fournier nasceu em 1981 em Carpentras, na França. Cresceu na região dos Alpes Franceses, cercado por natureza.  Começou a fotografar aos 20 anos de idade, incentivado por seu pai jornalista, de quem ganhou a primeira câmera. É mestre em Administração internacional, seus estudos especializados em América Latina levaram-no a viver no México e na Espanha, e em 2006 chegou ao Rio de Janeiro, onde resolveu fixar endereço. Participou de varias oficinas no Ateliê da Imagem e na Escola de Artes Visuais no Parque Laje, no Rio de Janeiro. Hoje dedica-se à realização de trabalhos autorais,  em 2014 publicou seus 2 primeiros livros ‘A Cidade por Bandeira’ (editora Batel) e ‘Memórias da água’ (editora Andrea Jakobsson); Trabalha atualmente no seu terceiro livro: Babilônia (Editora Madalena). Em 2013, ganhou o 1° lugar no Prix Photo Web, promovido pela Aliança Francesa. O mundo visual de Benoît ressoa das suas experiências e viagens,  Seu trabalho se situa entre memória pessoal e coletiva, explorando temas existenciais ligados à natureza do homem. Nascendo de uma experimentação, de uma imersão e de uma sensação autentica, suas séries dão um lugar central à harmonia entre o homem e seu ambiente natural. Graças à construções poéticas se encontrando entre o real e o imaginário, Benoît propõe  um olhar intimo e profundo sobre essa relação do ser com o mundo. Hoje Benoît montou seu atelier na Favela de Babilônia, desde 2015 ministra um curso de fotografia para jovens  moradores da comunidade, incentivando a criação artística desse grupo.

Trabalho Individual/

2015 – Livro Memórias da água, editora Andrea Jakobsson. Curadoria Diogenes Moura. Lançamento com uma exposição no Centro Cultural Casa das Aguas, Centro, Rio de Janeiro.
2014 – Exposição Prix Photo Web, Terra d’água,  Gallery Botafogo, Rio de Janeiro.
2014 – Livro A Cidade por Bandeira, editora Batel. Lançamento Livraria da Travessa de Ipanema, Rio de Janeiro.
2009 – Festival FotoRio – Exposição Bossa Rio… Sutilité, curador Marcelo Rocha, Casa de Cultura Méier, Rio de Janeiro.

Trabalhos coletivos e festivais/

2016 – Exposição Linguagens do corpo carioca [a vertigem do Rio], Museu MAR, Rio de Janeiro, Brasil.
2015 – Leilão de fotografia Paraty em foco, Galeria Lume, São Paulo, Brasil.
2015 – Exposição Ser Carioca de Luz, Centro Cultural Justiça Federal, série Memórias da água, Rio de Janeiro.
2014 – Livro Calçadão do Leme ao Leblon, editora Lingua Geral, ensaio Sub-superficie.
2014 – Exposição Prix photo Muséum d’histoire naturelle, Jardin des plantes, Paris.
2014 – ‘Black and white 2014 exhibition’, The Center for Fine Art Photography, Colorado, EU.
2014 – Exposição ‘Water 2014’, Biodiversity Festival no Museo del Fiume, Nazzano, Italia.
2013 – Exposição Foto na Rua, Festival Foto em Pauta deTiradentes, Brasil.
2012 – Mostras de fotografia no Ateliê da Imagem, Rio de Janeiro.
2012 – Exposição Exercícios da Paixão, curadora Greice Rosa, Espaço 10 Arte, Festival de la luz, Buenos Aires, Argentina.
2011 – Participação do livro ‘Cufa 10 anos’.

Prêmios/

2016 – Prix ANI Portfolio, Vendôme, França.
2015 – Menção honrosa, Leitura de Portfolio, FotoRio 2015, Rio de Janeiro.
2014 – Prix photo Muséum d’histoire naturelle – ‘prêmio albums’, Paris.
2014 – 5°  lugar, ‘Water 2014’, photo contest, Italia.
2014 – Menção honrosa, Life Framer International photography award, London, UK.
2013 – 1° lugar, Prix Photo Web, promovido pela Aliança Francesa, Brasil.

Coleções/

MAR, Museu de Arte do Rio , Rio de Janeiro.
The Center of Fine Art Photography, Colorado, USA.
Coleção Joaquim Paiva, Rio de Janeiro.
Coleção Geoffrey C. Koslov, Houston, USA.

Features/

L’oeil de la photographie,  TV Brasil – Estúdio Móvel, It’s Nice That, Bex Magazine, Carta Capital, La stampa,  O Globo, Fluir, Etapes Magazine, Photo Magazine, Marvin revista, Revista Old.